sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Goiás: a capital e os interiores

Eu nasci na capital. Mas me mudei para o interior. Sorte a minha. Ou azar.
Quase tudo tem seu lado bom e o lado ruim, capitais e interiores também.

Goiânia é uma capital muito bonita, é hoje uma das cidades mais arborizadas do mundo, com 94m² por habitante. Andar lá é uma delícia, pode estar fazendo aquele sol de rachar mamona que as sombras das árvores amenizam o calor e ainda deixa o ar mais úmido. Na capital tem muitos museus, inúmeras salas de cinemas espalhadas por toda cidade, shoppings de compras, parques e bosques, bares em pontos badalados da cidade, grandes hipermercados, avenidas e ruas largas, diga-se de passagem, muito bem planejada. Enfim é um sonho...sonho que pode ter algumas interrupções desagradáveis. O trânsito de Goiânia, daqui uns 10 anos, não suportará de veículos. Hoje é um caos, ônibus, carros, motos, bicicletas e pedestres brigando para ter um espaço. Coitados daqueles que tem que depender de ônibus, que vida triste. ônibus lotados, andar um trajeto enorme em pé debaixo de pessoas suadas com um cheiro não muito agradável, ter que enfrentar pontapés e empurrões na hora de entrar dentro dos ônibus nos terminais...é uma odisséia. Não posso deixar de comentar, o enorme índice de criminalidade que há na cidade grande. Pessoas sendo assaltadas a todo momento, esfaqueadas, baleadas...

Já nos interiores, ainda hoje existem alguns pequenos municípios no estado de Goiás, que são bem arborizados, mas a maioria deles não. Moro em Rio Verde, sofro e vejo muitos outros sofrendo com a falta delas. Estão com um projeto para arborizar mais a cidade, estava passando da hora. É engraçado que as donas de casas e empresários reclamam pelas folhas ou flores que caem das árvores e por isso mandam cortá-las, mas quando vão estacionar o carro o que procuram? Ou quando vão sentar na porta de casa o que procuram? A bela sombra de uma árvore...que hipocrisia!
A alegria dos interioranos são os shoppings centers...quando vão a capital não podem deixar de dar uma passadinha lá. Mas também, quanta coisa bela que lá existe. A vida interiorana é bem mais pacata do que um que vive na capital. Um pouco sossegada, mas infelizmente a criminalidade está nos invadindo...os bandidos, ladrões preguiçosos, furtam aquilo que geralmente pessoas de bem trabalharam tanto tempo para adquirir. É bom conhecer todo mundo da cidade, cumprimentá-los...na capital não vemos tantas "gentilezas" quanto nos interiores, mas no fundo o povo goiano tem um grande coração, acolhe todos os outros migrantes, gaúchos, paulistas, nordestinos...enfim o povo goiano é um povo bom.

Nenhum comentário: